17 de março de 2012

ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA versus IMPRENSA LEIGA DO BRASIL


Lou Gehrig em pôster sobre o Cadastro Nacional de Pacientes com ELA (EUA) wwwn.cdc.gov/als/


AMYOTROPHIC LATERAL SCLEROSIS versus BRAZILIAN LAY PRESS

[ELVIO ARMANDO TUOTO: Autor deste artigo]   
[NÃO AUTORIZO CÓPIA]
Copyright © Elvio Armando Tuoto, 2013


A imprensa leiga do Brasil insiste em divulgar que a esclerose lateral amiotrófica (ELA) "é mais conhecida como doença de Lou Gehrig". Um dos exemplos mais recentes deste equívoco foi publicado pela revista semanal brasileira Veja em sua edição de 14 de março de 2012.

Gostaríamos de deixar claro que a esclerose lateral amiotrófica nunca foi conhecida no Brasil como doença de Lou Gehrig. É uma informação incorreta que está sendo difundida ao público leigo do Brasil, certamente influenciada pela mídia norte-americana.

Jornalistas brasileiros desavisados estão traduzindo ao pé-da-letra  material original publicado em inglês norte-americano sem consultar fontes brasileiras para a necessária adaptação à nossa realidade cultural.

Essa terrível enfermidade é pouco conhecida fora dos meios acadêmicos brasileiros, porém as famílias de pacientes portadores da doença no Brasil em geral a conhecem apenas pelo termo "ELA". Muitos utilizam o termo "ELA" sem ter conhecimento que se refere às iniciais do nome da doença em língua portuguesa.

Em inglês norte-americano, a enfermidade é denominada oficialmente "amyotrophic lateral sclerosis" ("ALS"), sendo também conhecida popularmente como "Lou Gehrig's disease" (doença de Lou Gehrig) a partir de 1939, quando foi diagnosticada em Henry Louis ("Lou") Gehrig (1903-1941), um célebre jogador de beisebol dos Estados Unidos [foto acima].

O termo "Lou Gehrig's disease" (doença de Lou Gehrig) somente é utilizado nos Estados Unidos e no Canadá. Não é utilizado no Reino Unido, onde também se utiliza a denominação "motor neurone disease" (doença do neurõnio motor).

Nos dias atuais, raramente se denomina a esclerose lateral amiotrófica pelo seu epônimo clássico, doença de Charcot, criado em homenagem ao médico francês Jean-Martin Charcot (1825-1893), o fundador da moderna neurologia, autor da primeira publicação científica com a descrição completa da doença, em 1869.

Sebastião Eurico de Melo-Souza, brilhante editor do consagrado livro-texto brasileiro Tratamento das Doenças Neurológicas (2008), identifica nesta obra a esclerose lateral amiotrófica também pela denominação "doença de Charcot"./eat

REFERÊNCIAS:
1- Teixeira J (2012): Memórias do Cárcere (Livros) in Revista Veja (página 130, 14 de março de 2012). Brasil, Editora Abril.
2- Rowland LP (2001): How Amyotrophic Lateral Sclerosis Got Its Name - The Clinical-Pathologic Genius of Jean-Martin Charcot. Arch Neurol. 58 (3):512-515./eat


COMO CITAR ESTE ARTIGO -- HOW TO CITE THIS ARTICLE:
Tuoto, E. A. "Esclerose Lateral Amiotrófica versus Imprensa Leiga do Brasil." In: História da Medicina by Dr Elvio A Tuoto (Internet). Brasil, 2012. Consulta em [dia, mês, ano]. Disponível em:
http://historyofmedicine.blogspot.com.br/2012/03/esclerose-lateral-amiotrofica-x.html

[Avise-me quando este artigo for citado -- Alert me when this article is cited]


Copyright © Elvio Armando Tuoto, 2013

[PARA ADQUIRIR DIREITOS DE REPRODUÇÃO DESTE ARTIGO, ENVIE E-MAIL]

[ELVIO ARMANDO TUOTO: Autor do conteúdo escrito deste artigo, inclusive criação, pesquisa, tradução e edição]
[NÃO AUTORIZO CÓPIA (TOTAL OU PARCIAL) DESTE ARTIGO]
[RECOMENDO CRIAR UM LINK PARA ESTE ARTIGO]
[POSTAGEM MONITORADA CONTRA CÓPIA PELO COPYSCAPE®] -j
.

Nenhum comentário: